Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Acervo da folha é digitalizado


Lançado no Sábado com todas as edições da Folha desde 1921, o acervo digital do jornal teve picos de 10 mil requisições ao servidor por segundo. Na tarde de sábado, a média de usuários conectados à página foi de 25 mil por hora. A partir desse número é possível inferir que os internautas navegaram longamente pelo acervo digital.

São cerca de 1,8 milhão de páginas, incluindo as edições da "Folha da Noite", da "Folha da Manhã" e da Folha de S.Paulo. Também serão digitalizados futuramente a "Folha da Tarde" e o "Notícias Populares".


"A história do jornal é a história do país. É um serviço de valor inestimável para quem quer entender os diferentes momentos da história", declara o cientista político e professor da FGV Marco Antonio Teixeira.


No Twitter, entre as mais de 500 citações, 40% faziam elogios à iniciativa; 40% apenas citavam o lançamento e 10% faziam críticas, principalmente à lentidão no sistema, pelo alto número de acessos. O problema já foi solucionado. No Facebook, 800 pessoas elogiaram o post com a novidade, um dos maiores índices da história do perfil da Folha, com cerca de 110 mil seguidores.


"O acervo atende, ao mesmo tempo, ao leitor comum, que quer resgatar páginas do jornal do dia em que nasceu, de uma data importante ou de uma ocasião em que ele próprio tenha sido citado, e ao interesse histórico do pesquisador ou do estudante", afirma Ana Busch, diretora-executiva da Folha.com, responsável pelo desenvolvimento de novas mídias.


Nesta fase inicial, o acesso é gratuito por meio do site acervo.folha.com.br. O leitor deve preencher um cadastro simples e, ao navegar, pode e é estimulado a comunicar erros e falhas. Até ontem, foram 60 mensagens, com relatos de problemas de carregamento e de busca. Todas foram respondidas.

Texto retirado do site da folha www.folha.com

Um comentário:

Ronaldo Ap.L Romualdo disse...

Beleza Ca,piao valeu pela informaçao, muito bom!!

Se ta sabendo tambem q a folha lançoe capas historicas do seu jornal?? so q sao limitadas seria uma boa por na biblioteca mas custa uma grana... ai se ja viu né
kkkk