Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

História do peru na ceia de Natal

Por Carlos Antunes dos Santos


Entre os astecas, a prática do canibalismo era habitual. O Estado asteca fazia a guerra para se alimentar dos prisioneiros, num ritual prévio onde ao Deus Sol eram oferecidos sacrifícios humanos. Mas a dieta não ficava exclusiva à carne humana. Eles também se alimentavam de animais possíveis de serem encontrados nos seus domínios: os cães e os perus. Os perus eram criados pelos índios, atividade bastante antiga, com clima propício para a prosperidade desta criação. Geralmente os astecas cozinhavam o peru acompanhado de cebola, alho-poró e molho à base de pimenta vermelha.

2 comentários:

Gustavo T. Santos disse...

Interessante. Eu curto história da alimentação.

E não desprezo a farofinha com qualquer assado. E a farofa ela mesma vai muito bem com umas frutas, tipo, um abacaxi ou algo assim.

Jessé Amaral Chahad disse...

Tendencias ocidentalizantes...